sexta-feira, 16 de maio de 2014

Dica de saúde - temperos prontos cuidado! EDITADO 17-05

Oiiii meninas!

Hoje vou tocar num assunto polêmico! haha

Sei que no dia a dia na correria acabamos optando por usar temperos prontos como knorr, sazon, etc, porém esses pacotinhos parecem inocentes mas são um perigo a nossa saúde, precisamos ficar atentas e diminuirmos o uso desses temperinhos, foquem em usar alho e cebola, não vou negar que uso, uso meio tablete ou até menos em uma panela de feijão e não ponho mais sal nela. Arroz é só com alho. Carnes e frangos eu tempero com alho e cebola no geral. E por ai vai.

Bem, vamos aos dados de quem entende! rs

Se liga nos ingredientes detalhados abaixo do KNORR DE GALINHA, porem, olhei os daqui de casa de costela e bacon e todos os detalhados são comuns pelo menos nesses três sabores ou em dois deles pelo menos (galinha, bacon e costela).

PS.: ME PERDOEM PQ NAO FUI TAO CLARA NO POST, É.QUE ESTOU SEM PC EM CASA (ESTOU EDITANDO PELO CELULAR UMA DROGA POR SINAL, NO TRABALHO EU ENTRO MUITO RÁPIDO. FOI MAL GENTE)


Sal, intensificadores de sabor (glutamato monossódico, inosinato e guanilato dissódicos), gordura vegetal hidrogenada e não hidrogenada, extracto de levedura, amido modificado, gordura de galinha, vegetais (cebola, salsa), carne de galinha (0,7%), aromas (contém ovo e soro de leite), especiarias, molho de soja (contém glúten), corante (E 150c), dextrose, antioxidantes (galato de propilo, BHA, ácido cítrico).

Gordura hidrogenada

O primeiro ingrediente da lista que me chamou a atenção, foi a gordura vegetal hidrogenada, que na minha opinião, já há muito tempo deveria ter sido banida do mercado alimentar. Muito embora possa ter um nome aparentemente inocente, de inocente não tem nada.
Embora exista na natureza, estando presente em pequenas quantidades na gordura e leite dos animais, sem que o seu consumo seja prejudicial, a forma produzida de forma industrial pelo homem (com uma forma diferente) é o tipo de gordura mais nocivo em existência.
A gordura vegetal hidrogenada também é chamada de gordura “trans”, para ler mais acerca dos efeitos negativos para a saúde deste tipo de gordura artificial, leia também o artigo “O que são as gorduras trans e porque as deve evitar”.
Pode desde já ficar a saber que a gordura hidrogenada está associada a diversos problemas e complicações de saúde como; problemas cardiovasculares, mau perfil lipídico, alzheimer, cancro, diabetes, Obesidade, problemas hepátticos e obesidade.

Glutamato monossódico

Em relação aos intensificadores de sabor, irei falar primeiro do glutamato monossódico, que embora seja considerado pela industria alimentar e respectivas agências reguladoras como sendo “seguro”, no passado, já foi associado à “Síndrome do Restaurante Chinês”. Cujos sintomas incluem dor de cabeça (cefaléia), ondas de calor, vermelhidão facial, formigamento e rigidez na parte posterior do pescoço, opressão torácica, moléstias gástricas como náuseas e vómitos, taquicardia e alterações de humor.
Para além disso, têm surgido, esporadicamente, especulações acerca da relação entre a ingestão de MSG e doenças degenerativas cerebrais tais como o Alzheimer, Isquemia e Parkinson. Também tem sido sugerido que o MSG é responsável por uma série de condições de saúde como a hiperatividade em crianças, obesidade, reações alérgicas, asma, cancro e enxaqueca.

Guanilato disódico

O segundo ingrediente do grupo dos intensificadores de sabor, o guanilato disódico é um aditivo alimentar e é normalmente usado em sinergia com o ácido glutâmico (glutamato monossódico, MSG). produzido a partir do peixe seco ou determinadas algas e é frequentemente adicionado a produtos prontos a consumir, como o massa instantânea, batatas fritas e outros aperitivos salgados, arroz industrializado com sabor, vegetais enlatados, carnes secas e caldos de carne, sopa enlatada ou desidratada, etc
Em relação ao terceiro ingrediente do grupo dos intensificadores de sabor, o guanilato disódico 2, este não é seguro para bebês com menos de doze semanas, e deve ser evitado por asmáticos e pessoas com gota, já que os guanilatos são metabolizados em purinas.
Podemos partir do princípio que, se não é seguro para bebés, também não deve fazer muito bem às crianças, adultos e idosos.

Glúten

Outro ingrediente que salta à vista por ser prejudicial, é o glúten (3), a evitar a todo o custo pelos celíacos por não tolerarem esse tipo de proteína de cereais e também pelos não celíacos. Pois vindo cada vez mais a ser associado a uma série de doenças auto-imunes tais como a diabetes tipo 1 (DT1), doenças auto-imunes da tiróide, síndrome de Sjögrene nefropatia IgA, entre outras.
Para além disso, há alguns trabalhos a implicarem directamente o glúten (ou algumas das suas fracções proteicas, como as gliadinas) na artrite reumatóide, síndrome de Sjögren, esclerose múltipla, psoríase, nefropatia IgA67 e DT1.
Poderá ler mais acerca dos malefícios do glúten no artigo “Sensibilidade ao glúten: A doença celíaca é a ponta do iceberg“.

Corante E 150c

A cor típica dos cubos Knorr devem-se sobretudo ao corante E 150c (4), e o que será este estranho número? Pois é na verdade caramelo de amónia, um aditivo corante alimentar. Possui uma cor líquida castanho escuro a preto, tendo um odor de açúcar queimado. É preparado através aquecimento de hidratos de carbono, com ou sem ácidos e álcalis, na presença de compostos de amónio.
A sua ingestão excessiva pode conduzir a problemas intestinais. Também está associada ao reduzido ganho de peso corporal, à redução do consumo de alimentos e de fluídos, ao, o alargamento do ceco, redução do débito urinário associada com o aumento da gravidade específica da urina, diarreia e aumento no peso dos rins* . Induz a linfopenia e suprime a imunidade em ratos.

Galato de propilo

Na lista dos antioxidantes, temos o galato de propilo, um nome que poucos conhecem, ora vejamos de que se trata:
O Galato de propilo, ou 3,4,5-trihidroxibenzoato propil ,é um éster formado pela condensação de ácido gálico e propanol. Este antioxidante tem vindo a ser utilizado como aditivo alimentar, nos alimentos industriais que contêm óleos e gorduras, para evitar a sua oxidação.
Para além disso, o que muito poucos sabem é que o galato de propilo age como um antagonista do estrogénio. Isto segundo um estudo realizado em 2009.
Se os seus objectivos são perder gordura e ganhar massa muscular, este é um dos tipos de substâncias que deve evitar a todo o custo, pois irão totalmente contra os seus objectivos.
Se para além disso não lhe apetece ingerir estrogénios sintéticos ou xenoestrogénios, não toque sequer nestas embalagens.

BHA

Em segundo lugar, no grupo dos antioxidantes, temos o BHA. Um excelente antioxidante que previne a oxidação das gorduras…Mas as mesmas propriedades químicas que tornam o BHA um excelente conservante, podem também estar relacionadas com certos efeitos negativos na saúde. As características oxidativas e/ou metabolitos do BHA, podem contribuir para a carcinogenicidade ou tumorigenicidade, porém as mesmas reações podem combater o stress oxidativo. Há evidências de que determinadas pessoas podem ter dificuldade em metabolizar o BHA, resultando em mudanças de saúde e de comportamento.


Uffa, gente eu já sabia que não era bom devido ao excesso de sódio, depois de estudar pra esse post estou cada vez mais chocada!

Fonte 1
Fonte 2
Fonte 3

Bjsss

22 comentários:

  1. Nossa... chocada tmb... Eu sempre gostei muito de usar o caldo knnor, mas dei uma para depois que a Line começou a falar do quanto fazia mal, agora então depois de ler esse texto... rsrs
    Valeu pelas dicas Fe... :)

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post fê.
    Muitas pessoas preferem os temperos prontos pela praticidade e acabam se dando mal né. É de assustar os riscos que tomamos a o usar esses temperos.

    aqui em casa eu tempero tudo com cebola, alho e limão, fica bommmm e é mais saudavel.

    tenha uma linda sexta e um bom final de semana fê
    beijao

    ResponderExcluir
  3. Gente que vergonhaaaaaaaaa
    Eu adoro usar.. poxa.. que coisa viu...
    Magoei agora...
    Vou diminuir rs
    CHOCADAAAA

    Bjs

    http://chegouaminhavezdecasar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro usar e uso quando tenho vontade, não sou dependente mas acha que eles dão um sabor a mais na comida. Acho que é a velha máxima "tudo que é demais sobra". O mesmo pode ser dito dos refrigerantes, sucos concentrados, extratos de tomate, comidas congeladas, enlatados e por aí vai...precisamos aprender a dosar e a não nos tornarmos dependentes dos produtos industrializados.
    Bom post Fe, pelo menos ngm poderá dizer que não sabia disso né.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Então... eu usei durante quase 2 anos... em td... menos no arroz... usei no feijão igual a fe, carnes frangos.. sopas...porém eu sempre usei junto muuuuuito alho e cebola, pimenta do reino, louro em pó, alecrim, manjericão, orégano, pimenta calebresa... eu gosto messsmo de td isso... ai um dia acabou o knor e eu tinha fazer o feijão e fiquei desesperada... enfim... fiz com td q costumo fazer porpém sem o knor... cara, ficou a mesmíssima coisa. hahahaha . Então parei de usar.

    ResponderExcluir
  6. não entendi o post. O caldo knor tem todos esses ingredientes?

    ResponderExcluir
  7. Uma coisa que eu descobri recentemente tbm eh que os ingredientes aparecem no rotulo por ordem de quantidade em que são usados... Então se o sal aparece primeiro ele é o ingrediente mais usado no produto...
    Nunca gostei dos temperos prontos... E as poucas vezes que usei na comida tive a impressão de que ela durava menos (o feijão temperado com o tal do Meu feijão estragava e ficava com aspecto estranho mt mais rápido do que quando uso alho cebola, etc)...
    Uma coisa super bacana que comecei a comprar foram os temperos desidratados vendidos em casas de produtos narurais... Compro muito o de alho, cebola e salsa que já vem picadinhos e desidratados, sao praticos e nao tem td a quimica dos industrializados... Tem um outro chamado ana maria que tem alho, cebola, tomate seco e gengibre e que fica perfeito com frango... Além disso comecei a comprar o curry tbm, que é um pco mais forte pq mistura gengibre, pimenta e outros temperos, mas que combina mt bem com carnes e aves tbm... O próprio sal eh algo que quase nao usamos... Saladinha so leva azeite e as vezes o vinagre de maçã... So no feijão e as vezes em alguma carne colocamos um pco de sal... Arroz e mts vezes carne e frango so levam os temperos desidratados e não perdem em nada o sabor... As vezes estamos tão acostumados a comer mt sal que não percebemos que podemos diminuir a quantidade de sal que ingerimos sem necessidade...
    Esses temperinhos desidratos são um pouquinho mais caros que os industrializados, mas nada melhor para quem quer uma alimentação saudável...

    ResponderExcluir
  8. Eu sou fã do knoor apenas no macarrão
    de resto abuso da cebola e do alho mesmo e o sabor é bem melhor.
    Depois desse post acho q nem no macarrão o tempero entra mais kkk

    http://eisounoiva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Fê, estou com sérios problemas de estômago, e sabe uma das primeiras coisas que o gastro me cortou? Foram os temperos prontos e caldos industrializados, além de doces prontos concentrados (goiabada, cocada) e refrigerantes. Até o suco de caixinha com soja e frutas ele mandou evitar por serem industrializados... Onde vamos parar com tanta química no estômago??????

    ResponderExcluir
  10. Eu gosto desses temperos, mas gosto muito mais do alho e cebola. Sou exagerada no alho, gosto de muito e minha mãe até reclama.
    Embora eu use pouco, já acho um número considerável para prejudicar a saúde. Temos a errada impressão que com knorr fica mais temperadinho, ledo engano, né?!
    E existe uma receitinha de tempero que é supimpa. Alho, um pouco de sal e um pouquinho de óleo batido no liquidificar. Nossa, fica ótimo!


    Beijinhos, Fê!
    Jéssica

    ResponderExcluir
  11. Fê,
    Eu adorava usar. Mas depois que li que um envelope de tempero de miojo tem toda a qt de sódio por todo um dia, estou evitando ao máximo. Esse temperinhos são gostosos, práticos, mas fazem muito mal pra gente. Não vou dizer que parei de usar. Mas diminui drasticamente o quantitativo.
    Bjs,
    Vania

    ResponderExcluir
  12. Imaginava que fosse ruim tbm por causa do sódio, por isso nunca usei... mas agora fiquei bem feliz de não usar rs que lista enorme de contras!! =O

    http://asmelhoresamigasdanoiva.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Passando em especial
    para desejar a vc um ótimo fim de semana
    cheio de alegria!!
    (⁀‵⁀) ∞ ღ ∞
    .`⋎´ღ¸.•°*”˜˜”*°•ღ
    Beijinhos.
    www.coisasdeladdy.com

    ResponderExcluir
  14. Ah agora entendi :a linha que fala: sal,etc você pegou na caixinha do knor e no sazon e abaixo explicou o que é cada ingrediente!!!
    na verdade a gente vai pela praticidade e nem lê o que tem nesses rótulos!

    Bjus!

    ResponderExcluir
  15. choquei!!! eu taco tempero pronto em tudo
    e ainda lambo o papelzinho do caldo knor kkkk
    parei :x

    bjos

    http://www.cerejacomavelaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Dona Fê, vc leu meus pensamentos... também estava a pesquisar sobre esse assunto - afinal estávamos trocando figurinhas sobre esse tema recentemente... E o seu post já vai me servir de base para as demais pesquisas....
    Ah, mas essa descrição que vc colocou é de qual tempero? Faz um up-date pra gente!
    Bjs
    milenaazsantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Adorei o post, Fê! De fato, esses temperos são perigosos. Já tinha ouvido falar nos malefícios e não uso aki em casa. Uma senhora da igreja de minha mãe faz temperos prontos naturais. São deliciosos e práticos. Eh uma mão na roda rsrsrs
    Bjoooo
    Mi

    ResponderExcluir
  18. Adorei seu post me tirou mtaaa duvidaaa *-*

    ResponderExcluir
  19. Nossa Fê parabéns pelo post, está bem claro, agora ninguém poderá reclamar que não sabia, eu faço uns trabalhos em comunidades e o pessoal fica bem assustado quando levi uns temas assim.
    Uma dica bem legal para temperar é o sal de ervas, com ele você faz vários pratos e aproveita e substitui os temperos prontos e o próprio sal que a gente coloca. Utilizo bastante em várias preparações.

    Bjos

    http://comprandonossoape.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olha Fê, aqui em casa eu não uso nenhum desses temperos prontos, aliás, somente o Sabor Ami com pimenta e misturado ao sal, mas quero excluir ele tbm.
    Sou adepta das ervas naturais desidratadas, das ervas frescas e sal, bem pouco.
    Sempre compro alguma erva desidratada diferente para testar.
    Quanto ao glúten, é difícil pra nós devido à torrada, biscoito entre outras coisinhas, quero muito diminuir o consumo.
    Quando vou no mercado e vejo algo novo, já leio o rótulo e isso é um hábito, prefiro os alimentos com "menos nomes complicados" na composição.
    Adorei esse post, gosto de me informar sobre vida saudável!

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Fê eu to parando de usar esses temperos exatamente por isso.
    Antes usava em tudoo, agora procuro usar mais coisas naturais, coentro, salsinha, cebola, alho e por ai vai..

    Ótimo post, todo mundo precisa ver!

    Bjs
    http://www.vidadenoiva.blog.br/

    ResponderExcluir
  22. Meu Deus, Fê! Eu não resisto ao saborzinho do Sazón no feijão!
    Preciso pensar em formas de reduzir o consumo disso... rs...

    Beijos!

    http://dilemasdeumarecemcasada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado! ;) caso prefira, mande um e-mail para fernandamouta@bol.com.br

Linkwithin

teste